O Agente Funerário é o profissional que atua no dia a dia das funerárias. Uma tarefa de poucos holofotes, mas de elevada nobreza, que exige muito preparo. Preparos físico e emocional são necessários para conseguir prover a família enlutada de um atendimento acolhedor, respeitoso e carinhoso, e ao mesmo tempo, técnico, seguro e com uma sequência de procedimentos essenciais para que haja uma despedida digna dos amigos e familiares.

Responsável pelo primeiro contato com a família, colhe e providencia a documentação, prepara a sala velatória, urna e paramentos, conforme a religião, orienta sobre a preparação necessária do corpo, higieniza, veste, barbeia, penteia, maquia. Acomoda o corpo na urna e ornamenta. Contata o líder religioso para as exéquias. Certifica do horário do sepultamento, realiza o cortejo, transporta as coroas de flores até o jazigo da família.

É um profissional preparado para buscar corpos em todas as situações, sem escolher dia ou hora; no hospital, na residência, na rua, estrada, rio, mata ou num incêndio…homens, mulheres, idosos, crianças ou recém-nascidos.

Nas mais diversas circunstâncias de morte, o Agente Funerário tem como missão, restaurar o corpo, especialmente a face, para que os familiares tenham, como última imagem, um semblante sóbrio, próprio de quem dorme.

Técnicas modernas como Tanatopraxia e Embalsamamento, garantem maior tempo de conservação do corpo para velório ou traslado, impossibilidade de vazamentos e odores. O local onde ocorre a preparação dos corpos chama-se laboratório.

Nessa importante data, saudamos todos os Agentes Funerários de nossa cidade, os do Memorial e em especial, ao nosso agente homenageado, Ricardo Alexandre Paulino Alves, por ser o mais antigo da empresa e que através de suas certificações e profissionalismo, realiza seu trabalho com excelência, promovendo às famílias, despedidas dignas e reconfortantes.

01
Agente funerário do Memorial - Ricardo Alexandre Paulino Alves

Deixe uma resposta